Artigos

O Ibravin está irritando os Sommeliers

 

A estratégia de comunicação do Ibravin com sua agência de publicidade Escala inclui alguns vídeos publicitários, mas inclui também ações com blogueiros descolados com audiências enormes que falam para jovens, que por sinal não é comentado em seu site.

Entre esses, uma veiculação em especial tem irritado Sommeliers de forma especial, falo da Julia Tolezano do blog Jout Jout Prazer, que tem uma audiência que eu adoraria ter, porém eu só falo de vinhos e não de bobagens e hoje no Brasil para fazer sucesso você necessariamente tem que falar bobagens, claro. O vídeo em questão é este abaixo.

 

Queria dizer algumas coisas a respeito dessa situação:

1º Achei antipático e de mau gosto o vídeo dessa moça. Grosseiro mesmo e sem graça. Minha impressão.

2º Os Sommeliers não deveriam se sentir incomodados com isso, pois essa comunicação não é para seu público, mas para jovens que não bebem vinho e que se um dia se seduzirem a isso, acabarão fatalmente seguindo outros blogueiros e com o tempo procurando seus conhecimentos.

3º Embora o Ibravin manipule as informações sobre consumo do vinho, incluindo em seus dados o vinho de mesa, sem esclarecer isso, que é errado e feio e não precisa, o fato é que no Brasil tem muita gente que poderia beber vinho fino (que é do que se trata aqui afinal) e não bebe.

Essa turminha é jovem e entende que o vinho é um mundo sofisticado e cheio de regras e por tanto não é para eles. Isso não é opinião minha nem de ninguém, isso é pesquisa.

É para esse público essa campanha, por tanto os Sommeliers não deveriam se incomodar tanto quanto têm se incomodado. Eu torço para que essa campanha funcione, pois o vinho se beneficiaria muito com isso.

4º Dos 200 e poucos milhões de brasileiros atualmente, metade não faz a menor diferença no consumo do vinho, seja pela idade, seja pelo poder aquisitivo. A outra metade, digamos que apenas parte dela estaria no perfil sócio-econômico para o vinho. Estamos falando de 50 milhões de pessoas mais ou menos que poderiam tomar uma garrafinha por semana. Isso daria 2.600.000.000 de garrafas/ano!!!! Hoje para você ter uma idéia de grandeza, consumimos por anos apenas 180 milhões de garrafas de vinhos finos por ano. Esse é o ponto. Seja que vinho for, brasileiro ou importado.

5º O número correto de consumidores de vinho segundo a Wine Inteligence é de 100 mil pessoas que compraram ao menos duas garrafas de vinho no último ano. Esse é o número. Por tanto, perto dos 50 milhões potenciais que estamos falando não é nada. Esse nada é o público para o Sommelier e há muito por fazer por eles eu diria. Com educaçnao e sem impáfia.

6º Anunciar sempre é bom e Vinho anuncia pouco. Por tanto Sommeliers, relevem o mau gosto da blogueira.

Comments

comments