Artigos

Edgar Giordani e seu impecável Isabel natural.

Eu conheci o Edgar Giordani em 2010 na Avaliação Nacional de Vinhos da ABE em Bento Gonçalves, onde tive a honra e o privilégio de ter sido convidado como um dos 16 jurados que comentam uma das 16 amostras escolhidas às cegas entre cerca de 300 amostras, por um corpo de jurados qualiificados.

A esses jurados, cabe um comentário, não uma avaliação propriamente, uma vez que o vinho já foi selecionado. Nosso papel é mais promocional que qualquer outra coisa. O evento é impecável e deveria estar no GuinessBook, pois a quantidade de gente que é servida ao mesmo tempo em questão de minutos, surpreende. Veja no vído abaixo.

Bem, as pessoas que servem os cerca de 1000 participantes, são os formandos em enologia. Nesse dia, um dos formandos era o Edgar Giordani, que me serviu e veio me cumprimentar e disse que esperava que um dia eu pudesse provar um vinho dele. Eu respondi que seria um prazer, que esperava que o vinho dele estivesse quem sabe em uma final dessas da ABE e que ideal que fosse biodinâmico… ele disse que sim.

Nos últimos segundos do vídeo você pode ver o Edgar…

 

Pois bem, passa o tempo e um belo dia, ano passado, estava pelo sul a convite do Ibravin que foi um dos patrocinadores da primeira fase do Aprendiz de Sommelier, que premiava um dos web-espectadores a visitar algumas vinícolas em minha companhia. O vencedor foi o Gabriel Gisolfi, de Porto Alegre, um advogado apaixonado por vinho. Foi deliciosa a viagem e a programação de visitas que tivemos, que em determinado momento nos levou a um delicioso e bucólico restaurante, a Locanda di Lucca.

 

Pois logo ao chegar quem veio me receber?… O Edgar Giordani. Ficamos emocionados e ele me contou que estava já com seu vinhedo e que era orgânicos, mas que caminhava a biodinâmico. Estava eufórico pois logo teria um vinho e me enviaria. Claro que gravei um vídeo naquele dia, veja o Edgar falando da Locanda di Lucca e cantando…

 

Passado mais dois anos recebo em casa uma caixa com uma carta escrita de próprio punho  (como gosto disso…) e duas garrafas do Edgar Giordani, um Peverella que ainda não abri e um Isabel que abri ontem e me encantei. Que lindo ver um Isabel seco, orgânico, bem feito com 10,8 de álcool, limpo, com tipicidade, com elegância, um vinho extraordinário que preserva nossas raízes e nossa história. Uma promessa cumprida e muito bem cumprida diga-se.

Para quem torceu o nariz ao ler uva Isabel sugiro a leitura deste meu artigo na Prazeres da Mesa  que elucida sobre a falsa idéia de que o vinho de mesa faz mal a saúde.

 

O vinho do Edgar Giordani nunca estará numa final da ABE, pois lá não há espaço para os pequenos, lamentavelmente. Na ocasião eu minha fala pedi que fizessem isso, que reservassem 1 das 16 amostras para os pequenos produtores. Mas infelizmente não fui ouvido não.

Mas você pode experimentar os vinhos do Edgar Giordani lá na Locanda di Lucca ou escrevendo para eles e vendo se podem enviar para você. Experimente e veja que delícia é um vinho de Isabel bem feito, bem vinificado, natural, sem adição de SO2, sem filtragem, sem nada além da uva e o amor pelo vinho. Parabéns meu Amigo!!!! Sucesso!!!

Ontem escolhi esse vinho para comemorar a vitória da seleção brasileira de futebol e ele foi O Vinho de Hoje, pois agora abro meus e-mails e recebo este do Edgar Giordani: Veja que legal. Dá orgulho na gente não dá?…

 

Caro   Didu!!!!!!

Que bom que vc gostou do vinho Isabel.!!!! 

Te digo : é antes de tudo um vinho biologico honesto !

  O vinho deste ano  está  evoluindo muito bem, são 4 barricas .

Quiz elaborar o vinho de uva Isabel, por vários motivos, entre eles, para que não desapareça, mas também para provar a mim mesmo que nem sempre o vinho Isabel é  ” foxado” aí está a prova que pode ser elaborado um vinho de qualidade também de Isabel.

O meu objetivo é transformá-lo  em um grande vinho, com cuidados especiais tanto do  solo, manejo no vinhedo e na vinicola até  a taça do consumidor, buscando assim,  o respeito a esta uva que foi parte da minha infância e adolescencia , além  da importância que ela representa para a Serra Gaucha .

Nesta semana abri uma garrafa do Peverella e fiquei surpreso,  com sua evolução em  garrafa. stupendo !!!

Tomara que o seu esteja tão bom quanto esse que abri, e que lhe traga otimas sensações.

Os meus vinhedos biodinamicos estão lentamente evoluindo, pq também custam :))) mas aos poucos vamos crescendo .

Desejamos melhoras à Nazira, também sugiro a ela tomar propolis e polen  de boa proscedencia , que são muito bons para a recuperação da imunidade e equilibrio do corpo, por que ela está sob tratamento.

abraços !!! também da Marilei e do Lucas 

Edgar 

ps: estamos muito contentes com a Locanda e com nosso projeto !!!! 

EDGAR LUIS GIORDANI

ENOLOGO | IFRS |BG

Comments

comments