Acontece

Casa de Mouraz, Dão Biodinâmico.

Didú e Antonio Lopes Ribeiro com o “Bolinha”

Esteve no Brasil o produtor biodinâmico do Dão, Antonio Lopez Ribeiro da Casa de Mouraz. ele foi homenageado este ano no Simplesmente Vinho… por sua luta contra as queimadas. A Casa de Mouraz quase sucumbiu e perdeu 13 hectares na queimada dramática que atingiu o Dão no final de 2017.

Estive visitando a Casa de Mouraz em 2015 e gravei com Antonio em sua propriedade, tudo o que você nos dois vídeos foi devastado pelo fogo… vale ver.

 

 

 

Agora o Antonio está reconstruindo sua propriedade aos poucos mas continua visitando os mercados onde seu vinho foi bem acolhido, caso do Brasil, onde ele veio para o evento de Portugal e aproveitou para fazer um jantar degustação na Enoteca Saint Vin Saint. Eu estive lá e gravei alguns momentos para você:

 

Os vinhos da Casa de Mouraz, participam desde 2009 do grupo de produtores do prestigiado grupo La Renaissence des Appellations de Nicolas Joly, o que lhe confere grande reconhecimento. Gente séria e interessada em fazer vinhos puros e sinceros.

 

Bolinha, rótulo improvisado para seu vinho sem SO2

Neste encontro que estive, pudemos degustar toda a linha que é importada no Brasil (Vinhos do Mundo), o Elfa Dão DOC Tinto, o Encruzado São DOC Branco, o Private Selection Dão DOC, o Dão DOC Branco, o Dão DOC Rosé e o Dão DOC Tinto, todos com o nome Casa de Mouraz. O Antonio Lopes Ribeiro apresentou um vinho seu sem SO2 que ainda não está no mercado e que para minha alegria era da mesma parcela do seu Dão DOC Branco que vem de um vinhedo de vinhas velhas com cerca de 15 castas mescladas como a Malvasia Fina, a Encruzado, Bical, Cerceal Branco entre outras. Se o Branco DOC já era um de meus prediletos, este sem SO2 então está um espetáculo, com mais intensidade e mais personalidade, um show para acompanhar queijos evoluídos.

Comments

comments