Acontece

As novidades de Bordeaux da Prem1um Wines

Orlando Rodrigues da Prem1um Wines

A Premium Wines reuniu boa parte da imprensa do vinho ontem em simpático encontro no Oui na Rua costa Carvalho 72. A razão era apresentar sua linha de vinhos de Bordeaux.

A Premium tem sempre uma boa oferta de bons vinhos daquela região, notadamente de Petit Châteaux, com grandes achados. Estava presente e dividiu a mesa comigo o simpático Cyrille Meyer que é o “négociant” que encontra estas dicas para a Premium.

Eu degustei todos eles, meio às pressas pois o dia estava apertado com a agenda, mas faço destaque aos:

Châteaux Labatur Les Arches de Labaut AC Bordeaux Blanc 2016 que custa R$ 90,96 e dá grande alegria com classe. Seus 80% de Sauvignon Blanc e 20% de Sémillon dão um balanço delicioso e fresco. Gostei demais e o vinho, único branco da prova, foi meio que unanimidade entre os convidados.

O Châteaux Baucallon AC Bordeaux 2015 de R$ 93,23, o tal Bordeaux baratinho que o Orlando fala no vídeo. Ele não exagerou não. Vinho que entrega ao consumidor o que ele estava esperando, um Bordeaux simples, mas correto, bem feito, gostoso, com a tipicidade de um “verre de vin ou um “Pichet” em bom Bistrot da França. Tem 70% de Merlot e 30% de Cabernet Sauvignon.

No outro extremo, minha boca ficou seduzida pelo Château Camparian Pessac-Léognan Rouge 2012 do Château Baret . Que me fez pensar que se é o “rouge “ deve ter um “blanc”… mas lá não havia. Um espetáculo de Bordeaux clássico de Cabernet Sauvignon(35%), com Merlot (35%) e Cabernet Franc (30%)! Que classe, que delícia, um vinho para fazer bonito em uma mesa fina. O vinho passou 12 meses em barricas sendo 30% novas. Super show. Meu predileto.

Perto dele mais dois destaques, o Pauillac Château Tastin 2008 com 85% de Cabernet Sauvignon, 10% de Merlot e 5% de Petiit Verdot, vinho mais intenso, masi duro, mas com grande frescor, fermentou e estagiou em tanques de concreto com temperaturas controladas durante 30 a 45 dias e depois mais 20 a 24 meses em tanques (95%) com apenas 5% em barricas sendo só 10% delas novas. Acho que foi isso que gostei, dá uma rusticidade elegante. Custa R$ 329,73 e vale.

O outro foi o Chateau Bel Air  Gloria Haut-Médoc Cru Bourgeois 2014 dos Domaines Henri Martin, com 75% de Cabernet Sauvignon, 23% de Merlot e 2% de Cabernet Franc. Muito bom mesmo, a R$ 284,25.

 

Comments

comments