Acontece

Anima Vinum.

Estive na Anima Vinum, que devia a visita e com um grupo delicioso e de personalidade que já haviam me convidado diversas vezes mas nunca dava certo coordenar minha agenda. Finalmente aconteceu e em grande estilo. Beto Duarte, Breno Raigorodski, Mauricio Tagliari e a convidada Jane Pizzato que sempre contribui na avaliações. como cheguei antes aproveitei para gravar com a Anna Rita Zanier que cuida da parte comercial da anima Vinum, além de seu delicioso, charmoso e simpático Vinum Est!. Veja:

 

O foco deles é Bourgogne. Ponto. Adoro isso e acredito que é muito forte. Espero que não mudem. O que você encontra lá? Bourgogne.

E esses Bourgogne são especiais, pois são de pequenos Vignerons. Grandes achados que vão desde R$ 135,00 um rouge e um blanc feito em cooperado de pequenos produtores, até preciosidades dos leilões dos Hospices de Beaune e de produtores mais que especiais como o Biodinâmico do simon Pataille que chega aos R$ 630,00 ou mesmo o vinho arrematado pelo Alaor Pereira, o delicioso Pommard 2012, primeiro vinho vinificado nos Hospices de Beaune pela badalada enóloga Ludivine Devaux. Não deixe de ver abaixo o vídeo do Alaor explicando isso e seu entusiasmo por ter esse vinho que chega ao mercado a R$ 750,00. Ou seja, um sonho…

Não sei se você sabe, mas você pode se juntar ao alaor e até um grupo de amigos e repartir o custo de uma barrica dessas em leilão. Fale com a anima Vinum e informe-se, afinal até novembro dá pra juntar uma graninha e ter seu rótulo como “Achateur”, por que não? A vida é uma só e já que é uma viagem, vamos de 1a Classe…

Pois ontem foi um daqueles dias que o mercado de parafusos não oferece… e eu pude caminhar nas nuvens, com bons amigos, destaco ainda o espetacular Bourgone Passetoutgrain (quando se mescla Pinot Noir com Gamay), do produtor Girard Mugneret a R$ 225,00 que vale cada gôta. Show.

Os Hospices de Beaune ou Hôtel-Dieu de Beaune são um antigo albergue de caridade em Beaune, na França. Foi fundado em 1443 por Nicolas Rolin, chanceler da Borgonha, como hospital para os pobres. O prédio hospitalar original, o Hôtel-Dieu, um dos melhores exemplos da arquitetura francesa do século XV, é agora um museu e os s serviços para pacientes agora são fornecidos em prédios hospitalares modernos.

No Hôtel-Dieu acontece todos os anos no terceiro domingo de novembro um grande leilão de vinhos da Bourgogne, mais de 500 barricas de 228 litros que são destinados à caridade.

 

Aqui o vídeo com o alaor falando de sua importadora, do vinho La Come e o por que desse nome e ainda do vinho que arrematou. super Show. Grazie!!

Comments

comments