Carta Vieja

 

A Família Pedregal conseguiu chegar ao seu oitavo herdeiro no mesmo negócio. A casa do avó de Jose Manuel Del Pedregal ainda está lá e com quartos para os quatro filhos e suas famílias e se reunem nos finais de semana. Para uma pessoa como eu isso é coisa de vencedor. Minha admiração. Sensacional e lindo isso. Eu gravei o Jose Manuel falando da bodega. Veja:

 

 

A Carta Vieja era nossa última parada nessa viagem deliciosa ao Chile. Logo que chegamos, fomos recebidos pela enóloga da bodega, a Rosario Dominguez Gil que  tem feicão de menina, mas coordena a produção de nada menos que 13 milhões de garrafas/ano em Carta Vieja!

 

Fomos então para a degustação dos rótulos, que não eram poucos, toda a linha Aves del Sur! Inclusive novidades como o maravilhoso Viognier. Elegante, denso com frescor, tipicidade, vinho delicioso. Foi meu predileto ao lado do Cabernet Sauvignon Gran Reserva.

 

 

Essa linha de vinhos é simplesmente sensacional, uma grande sacada, pois há muito desconhecimento de vinhos hoje pelos consumidores e esses rótulos são lindos. A pessoa quer comprar e quer gostar, é meio caminho andado apenas pela beleza do rótulo. Cabral disse que há colecionadores!… Sensacional. Por tanto basta o vinho não errar para conquistar o consumidor definitivamente e a Carta Vieja sabe disso, por tanto tem um vinho corretíssimo  dentro dessas garrafas, É compra certa nas gôndolas do Pão de Açúcar. Têm tipicidade, são didáticos, diretos, bem o que se espera de cada casta. A degustação foi na casa da Família Pedregal, onde depois desfrutamos de delicioso jantar.

 

 

O Pão de Açúcar tem um volume enorme de vinhos a comprar, seus parceiros precisam ter qualidade, volume e regularidade. Não é fácil isso e Carta Vieja tem…

Nosso programa contemplava dormir nessa casa maravilhosa da família Pedregal, porém uma greve de taxistas contra o Uber e outra de caminhoneiros anunciada para a manhã do dia seguinte, alterou nossos planos e decidimos que voltaríamos naquela noite mesmo a Santiago e dormiríamos no hotel em frente ao aeroporto.

Foram quatro horas de van onde o grupo teve que aguentar as risadas minhas e do Cabral, contando histórias divertidas e piadas uma atrás da outra… me diverti como nunca. Agradeço ao Cabral e me desculpo com os companheiros de viagem que não puderam dormir…

Tagged: , , , , , , , ,

Deixe um comentário