Naturebas 2017 vem aí

Parece que foi ontem, mas foi 2013, quando conversando com a Lis e o Ramatis na Enoteca Saint Vin Saint, e surgiu a idéia de fazer a 1a Feira de Vinhos Naturebas da Enoteca Saint Vin Saint… Pois eles colocaram de pé essa bandeira e viraram o quartel general dela.

A Lis teve a idéia de usar o termo Naturebas para designar os vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais, como se falava na década de 70 sobre os naturalistas surfistas hippies que comiam aquelas gororobas naturais como o leite de soja em pó Soleim, os Fibrax e coisas assim pela manhã e depois passavam o dia nas ondas… bons tempos. O fato é que o termo pegou e a onda Natureba só cresceu. Mesmo estando em um momento de modismo, o fato é que é o mercado que mais cresce no vinho. Vinho puro, sincero, com orgulho do sotaque do local, ignorando os críticos.

Hoje estive na Enoteca e até gravei o Vinho de Hoje lá, veja abaixo, com o vinho de um produtor que estará na Feira de Naturebas 2017 e vi que havia chegado a taça do evento deste ano:

Bem, não sei se você já comprou seu ingresso e nem sei se ainda tem, mas recomendo. Secondo Me é a melhor feira de vinhos que conheço, a feira onde é mais difícil cuspir vinho, a feira onde a maioria é Natureba na raiz. Me sinto em casa. Vá.

 

A Feira deste ano tem uma foto chamada dramática em função da injustiça sofrida pelo produtor Eduardo Zenker que teve seus vinhos todos lacrados e proibidos de serem consumidos ou comercializados por não ter o registro do Mapa, como aliás a maioria dos pequenos produtores. ele estará na Feira com ou sem Vinho… dependendo da agilidade da justiça.

naturebas-2017

Espero encontrá-los por lá… Abaixo o Vinho Quinta de Mouraz do Antonio Lopes Ribeiro, do Dão, biodinâmicos e que estará lá.

Tagged: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário