Novidades na Vinci

A Vinci de Ciro Lilla apresentou boas novidades e também vinhos que ganharam destaque recentemente.  Estive lá confraternizando com os colegas de degustação e destaco abaixo minhas surpresas agradáveis. Como sempre, me encanto mais com os extremos, os vinhos de entrada e os topo de gama das vinícolas, e digo o porque: Os vinhos de entradas costumam ser simples e não têm condições de afinamentos em cantina, que custa, sua proposta invariávelmente é pelo preço. Eu adoro isso, pois evita interferência no vinho e percebe-se aí a qualidade do produtor… Nos topo de Gama, temos sempre os melhores vinhedos, as melhores parcelas e mesmo que o vinho sofra intervenção de madeira, costuma ser o melhor do produtor.

No caso de meus destaques, um raro produtor que me agrada em todas as faixas de preço, nos de entrada, nos intermediários e nos top. Falo da Quinta Irmãos Unidos, conhecida pelos maravilhosos Caves São João.

Aqui este Irmãos Unidois Branco de Maria Gomes Bical, de Beira,  como o Irmãos Unidos Tinto, de Baga, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon, ambos a R$ 48,78, foram certamente o meu Vinho de Hoje, naquele dia. Veja ao final do post.

Mas outros vinhos novos também se destacaram:

  • Os lançamentos:
  • Contrade Salento Malvasia Bianca 2015 a U$ 19,90
  • MC Branco Morgadio da Calçada Branco da Niepoort  2014 a U$ 45,50  com Rabigato, Códega do Larinho, Gouveio, Dona Branca, Viosinho, Bical e outras
  • Señorio de La Antigua Mencia 2012 2012 de Bierzo a U$ 27,90
  • Morgadio da Calçada Tinto 2014 da Niepoort a U$ 54,50 com Tinta amarela, Tinta Barroca e Souzão
  • e os pontuados:
  • Tilia Malbec 2016  a U$ 15,90
  • Cuve Reserva 2009 a U$ 38,90 de Tempranillo 90%,  Mazuelo 5% e Garnacha 5%. O melhor vinho da mostra secondo me, evoluído, com couro, animal, toque delicado de bretanomyces… show. faltou o salame…

 

Tagged: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário