GARZÓN e seus lançamentos.

 

A gigantesca Bodegas Garzón apresentou hoje seus lançamentos divididos por tres linhas. Estive lá visitando o maravilhoso projeto em 2015 a convite do Wines of Uruguay, Você pode rever este post aqui neste LINK .

A Garzón é a menina dos olhos de Bulgheroni que tem nada menos que 21 vinícolas pelo Mundo, cinco só na Toscana, onde entre outras comprou a a Dievole em Chianti e a vinícola Poggio Landi em Montalcino que lhe custou € 15 milhões, pagos a Stefano Cinelli Colombini, proprietário da Fattoria dei Barbi, além de mais tres em Bordeaux e tantas outras na Argentina sua terra natal (Argento entre outras) e Califórnia.

A notícia boa é que Bulgheroni namora a biodinâmica, tanto que seu consultor na Argentina, Uruguay e Itália é alberto Antonini.

Hoje, a World Wine ofereceu um encontro com Christian Wylie, Gerente Geral da Bodega, Germán Bruzzone, enólogo, Eduardo Felix engenheiro Agrônomo e Claudio D’Auria. Gravei com eles sobre as novidades, Veja:

 

 

 

Os vinhos da Garzón melhoraram muito em dois anos, estão mais frescos, mais elegantes e a bodega começa a tomar corpo e mostrar rumos a altura de Alberto Antonini. ainda há muito a avançar, mas o rumo parece claro: elegância e frescor.

As minhas preferências foram para o Sauvignon Blanc e o Rosé da linha Estate que custa R$ 74,00, na linha Reserva, que custa R$ 104,00, o Albariño e na linha Single Vineyards a R$ 180,00 reina também a Albariño e a Tannat, espetacular. Gravei também com Christian Wylie, gerente Geral da Garzón. Veja:

 

Tagged: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário