Páscoa! Comemore com Vinho

Numa das vezes que tive dinheiro, viajei a Portugal com a Nazira e nos instalamos no elegante Albatroz em Cascais. Coisa finíssima. Naquela época eu nada sabia de vinho, era leigo total. Fomos jantar no elegante salão sobre as ondas do mar e chegou o “Escanção”, nome do Sommelier em Portugal.

Era um senhor elegante, velhinho já assim como eu hoje, mais ou menos… ele penteava o cabelo direitinho, com repartido, muito asseado. Chegou-se a mesa e eu lhe disse: Boa noite, eu e minha mulher vamos comer um bacalhau, será que o senhor poderia nos indicar um vinho verde?

Ele colocou um dos braços para trás e disse: “… Vinho Verde com Bacalhau, é coisa de Português no Brasil ou Brasileiro em Portugal… não se toma vinho verde com bacalhau”

Eu me surpreendi e disse: “…Mas bacalhau não é um peixe? Não deveria comer tomando um vinho branco?  E êle: Bacalhau não é peixe, bacalhau é bacalhau e come-se tomando um vinho tinto da Bairrada.

Pois eu experimentei e adorei, não me lembro o vinho, mas era austero, seco e sem madeira, rústico e seus taninos, hoje compreendo foram tudo que a untuosidade do prato queria…

Claro que essa preferência varia muito de receita para receita, claro que há quem prefira um branco com madeira, claro que há quem continue com os verdes. E daí? Ora, coma seu bacalhau acompanhado do vinho que lhe agrada.

Esqueça os sabichões famosos que adoram dar um blá, blá, blá sobre o que é correto. Quem pagou o bacalhau foi você e o vinho também, por tanto siga seu gosto. Se vale a opinião de alguém que não é afetado e gosta de vinho, compre os tres vinhos, um verde, um branco com madeira e um tinto sem madeira e faça você o teste, pesquise a opinião dos outros, até do cunhado… vai ser divertido. Saúde!!

Tagged: , , , , , , , ,

Deixe um comentário