Simplesmente Vinho 2015 Parte 3

Captura de Tela 2015-03-16 às 20.21.52

Chegamos ao Porto na carona dos Ruivo e fomos direto para nosso apartamento oferecido pelo evento. Era fantasticamente acolhedor. Um apartamento restaurado num daqueles predinhos do Porto, à beira do Douro. Sensacional, moraria ali por um tempo se pudesse. Aquela nostalgia do Porto que hoje está revigorada por muita juventude dinâmica e uma cozinha maravilhosa e aqueles monumentos a céu aberto.

Captura de Tela 2015-03-16 às 20.21.02

 

Íamos à pé de nosso apartamento para o Simplesmente Vinho que ficava exatamente em baixo de nós. O prédio pertence a Skrei (significa bacalhau em norueguês) não deixe de ver o site deles, foram um dos apoiadores do Simplesmente Vinho e seu trabalho é simplesmente maravilhoso.

Captura de Tela 2015-03-16 às 20.37.24

 

Enquanto Nazira se instalava e se acomodava no acolhedor apartamento, fui ver como estava a montagem do Simplesmente. Consegui gravar uma parte desse movimento e depois o evento bombando mais tarde, ficou um interessante vídeo, que dá bem a dimensão do sucesso e o clima do simplesmente.

 

 

Por incrível que pareça eu não consegui em dois dias de evento, estar com os 33 expositores, simplesmente por que é impossível se locomover e conversar com todos. Habituado a degustar e a conversar, acabei por estar com alguns deles em almoços e jantares que fizemos, pois o simplesmente é uma grande festa, uma comemoração da vida, do vinho natural e das pessoas sem frescuras…

Antes do escurecer tínhamos gravações a fazer para a TV Portuguesa e para a produtora que cobria o evento. Peguei um bom momento da entrevista do Mateus Nicolau de Almeida que explicava a proposta, veja:

 

 

Na sequência o Mateus me conta de uma videira de mais de setenta anos, que não é vitis-vinífera, mas americana (eles chamam americano) que ninguém sabe quem plantou lá, mas é uma parreira linda e que todo ano é colhida por um grupo que pescadores que tem lá a sede da Associação da Copofonia do Norte e Sul de Portugal, que são os Cheios de Sede… eles produzem 30 garrafões dessa parreira. O vinho é igualzinho ao nosso garrafão.

 

Eu achei sensacional a iniciativa deles e de haver nesse lugar essa parreira que participa da festa. Não podia ser mais adequado e mais cultural que isso…

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.42.31

Eu virei membro da Associação e ganhei do sr. Antonino, na foto com o Mateus, minha carteirinha onde consta diversas citações pelo vinho. Adorei a Oração da Manhã que assim diz:

 

Com Deus me levanto

E com Deus me sinto.

De manhã é Branco

E de tarde é Tinto…

O dia prometia e fui aproveitando o início para conhecer alguns vinhos que destaco aqui deste primeiro dia/noite de Simplesmente.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.43.25

 

Os deliciosos vinhos de Tiago Sampaio, da Folias de Baco, que o Luiz Horta já havia destacado em seu trabalho do ano passado em Portugal. Provei todos e adorei, incrível este rapaz não ter um importador no Brasil.

Como comecei pela parte de fora, fui degustando tudo com calma e encontro alguns vinhos do Dirk Nieeport, fora do Douro. eu simplesmente adoro o trabalho do Dirk, considero realmente um destaque em Portugal.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.44.49

 

A variedade não é pequena, há experimentos no Dão e na Bairrada. Destaco dois extremos do Dão, com este da esquerda, que pode chegar abaixo dos 50 Paus no Brasil (bem… podia, hoje não sei com nossa economia), mas é vinho divertido, fácil, fresco, alegre para o dia-a-dia. Adorei.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.43.55

 

Também do Dão, estava sem o rótulo, uma parcela de vinhas velhas que o Dirk comprou por dica do Antonio Madeira, falo dele logo mais abaixo, que lhe falou da vinha e o Dirk logo comprou. O vinho é de tomar ajoelhado, abaixo a garrafa com a etiqueta apenas, anote pois o Ciro vai trazer e vale cada gota.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.45.32

 

Também a Bairrada nas mãos do Dirk dão o que falar. Este seu baga é de um frescor e uma levesa, com 12,5 de álcool, que adoraria te-lo em Bag-in-Box na minha geladeira…

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.45.12

 

Bem ao lado, estava a mesa da Quinta do Infantado. Sobre o Infantado falarei no post de amanhã pois tenho uma entrevista com o João Roseira, que não sei como consegue fazer tanta coisa ao mesmo tempo e sempre estar dez minutos antes do agendamento em todas as atividades!!! Inacreditável.

Conheço e gosto muito dos Portos dele que chegam ao Brasil pelo Orlando e o Rodrigo da Premium Wines. Porém não sabia que eles tinham vinhos tranquilos. E que vinho!!!!! Espero que a Premium passe a traze-los para nós.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.43.37

 

Logo encontro o Antonio Madeira, um jovem que faz um vinho surpreendente, um bouquet de violetas engarrafado com toques herbáceos, um vinho suntuoso, elegante que acredito vai em dez anos ser um dos grandes vinhos de Porugal, se esse rapaz continuar com a convicção que está fazendo seu trabalho. anotem esse nome. Se algum importador procura algo especial tem aqui uma boa oportunidade. Gravei com ele, veja:

 

Como é gratificante encontrar gente jovem como o Antonio, o Tiago e outros, a fazer coisas puras, bem feitas, maravilhosas e convictos de estarem resgatando sua cultura. Me emociona isso e me dá grande tranqüilidade pelo futuro longe da mesmice.

O trabalho do João Roseira e do Mateus Nicolau de Almeida não parava com entrevistas para televisões…

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.42.58

A noite avançou e aí complicou o rolê como diriam meus filhos, entupiu de gente e aí foi o que dava, a curtição era mais legal que a avaliação. Parei de cuspir e curti a noite perto da mesa do Antonio da Casa de Mouraz que estaria incumbido de nos ciceronear dois dias depois.

A minha sorte é que ele tem pais em idade avançada e tiveram paciência com a Nazira, a única pessoa do Simplesmente Vinho que teve direito a uma cadeira e bem ao lado da mesa da Casa de Mouraz… veja:

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.16.28

 

Fui para dentro tentar falar com alguém, encontro a Maria João Pato, com a simpatia marca registrada de família, ela é outra filha do nosso Amigo Luis Pato que estava no encontro dos Baga Friends…  sempre trabalhando pela Baga e pela Bairrada. Há quem ache fácil viver do vinho, mas como digo sempre, vender vinho não é fácil. Poucos mercados são tão disputados como este. Se o produtor não consegue agregar valor à sua marca, a coisa fica muito dura. São mais de 2 milhões de rótulos a concorrer com você!…

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.18.12

 

O sábio e saudoso publicitário Rubens Carvalho me falava sempre quando tinha meu bar de vinhos… “… Didú, você gosta vinho? Beba vinho, não venda vinho…”  hahahahaaaa.

Nazira, entre uma taça e outra de Encruzado da Quinta de Mouraz, que ela encontrou “mirra”  e se fascinou, fez amizade com duas moças muito simpáticas, a brasileira Rita Branco, que se casou com um português e vive no Porto e edita o site O Porto Encanta e a  Sara Dias da Moments que organiza todo tipo de passeios pelo Douro e Porto, vale ficar com o contato.

Captura de Tela 2015-03-16 às 19.46.59

 

A noite avançava com um frio delicioso e o rebuliço da vida noturna que o Porto está vivendo que é sensacional. Repleto de turistas, jovens, gente alegre que como dizia meu pai: ” Têm a beleza da juventude…”

Amanhã prometo contar do dia seguinte. Bacio.

Tagged: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário